Já parou para pensar que a sua boate pode ser tombada?

Por Victor Urresti publicado na 2ª Edição da Revista Memória LGBT, 2014.

Vamos citar a história do Cine Ideal! Uma boate que (infelizmente) recentemente fechou suas portas
(#todaschoram) e que tem uma longa história por trás do seu nome, do seu espaço e do próprio
termo pelo qual era intitulado: “Templo da House Music”.

Créditos: Teatros do Centro Histórico do Rio de Janeiro – http://www.ctac.gov.br


O atual Cine Ideal está localizado à Rua da Carioca,no centro do Rio de Janeiro, ao lado da Praça Tiradentes, onde outrora foi a praça dos cinemas e teatros. Os poucos que restaram são contemporâneos ao passo dos cinemas da rua do Cine Ideal. O Cine Ideal, já foi conhecido como Cinematographo Ideal, inaugurado em 1908. Prédio tombado junto a um conjunto arquitetônico que engloba a Rua da Carioca, do número 02 ao 87 (o nosso cine é o número 60‑62). Possui uma linda cúpula que nos seus tempos áureos de cinema se abria no verão.

Créditos: Teatros do Centro Histórico do Rio de Janeiro – http://www.ctac.gov.br

Bom, ao pensar no “templo da house music”, título da boate, devemos olhar sua fachada para
entender isso. É uma fachada eclética com pilastras nas janelas, arcos plenos ladeando, frontões,
cornijas e um toque art nouveau fechando a decoração. Na verdade, nunca tinha parado para ligar
o “1+1” que os idealizadores fizeram, de repente não sou o único, porque o badalo lá é certo! Em
dias de festa, quem vai olhar a arquitetura?

Créditos Foursquare

O mais interessante de tudo isso é a ocupação da comunidade LGBT nestes espaços, a festa durou
anos, onze para ser exato. Ora! Um espaço que poderia muito bem estar à quem apenas tendo vistoria
do patrimônio uma vez na vida e outra na morte, estava em uso. Ainda tinha funcionalidade e não tinha
uma bee se quer que não tenha ouvido falar do Cine Ideal ou se jogado nas suas pistas open bar.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: